“É livre a manifestação do pensamento e da expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, sendo vedado o anonimato. (CF 88).”

7 de mar de 2012

Ditadura do politicamente correto


Que os amigos negros e mestiços de boa-fé ajudem nessa campanha contra o patrulhamento ideológico e a ditadura do "politicamente correto".



CUIDADO JESUS COM O PATRULHAMENTO IDEOLÓGICO DO "POLITICAMENTE CORRETO":
Para as pessoas normais, brancas ou negras (ou de qualquer outro grupo étnico), trata-se apenas de uma imagem do Senhor Jesus carregando amorosamente uma ovelha. O Bom pastor que cuida de suas ovelhas. Para os defensores dos movimentos "étnicos", os racistas às avessas, aqueles que estruturam ONG(s) com pseudo finalidades sociais (em verdade, desejam dinheiro público), para os marxistas culturais, os relativistas morais, os defensores de cotas "raciais" e cotas e bolsas em geral, trata-se de uma imagem racista e opressiva, pois Jesus ao colocar nas costas a ovelha negra não protege uma ovelha, ou seja, um fiel, mas deseja demonstrar que a ovelha perdida é negra, portanto, uma imagem obscena, cruel e preconceituosa, que ajuda a aumentar o preconceito. Mais: para essa gente, os ateus e agnósticos em geral, uma imagem opressora, que reduz o homem a condição de ovelha e impõe a dominação que os intolerantes cristãos, católicos e protestantes, empregam contra todos. EXAGERO MEU? Ledo engano, amigo, inocência sua... veja como o mundo está, observe o patrulhamento ideológico. Políticos corruptos encastelados no governo como nunca antes na história do país não são fatos importantes, mas liberar o aborto, o uso da maconha, o casamento não tradicional, tolher a liberdade de professar a fé cristã e acusar qualquer coisa como racista e nazista, ah, isso tudo sim é importante. E daí que o país organizará uma Copa do Mundo mesmo não tendo hospitais? O importante é perseguir o dicionário Hoauiss que mesmo alertando que algumas expressões para cigano são pejorativas tornou-se símbolo do mal, do preconceito, assim como o pobre Monteiro Lobato agora é racista. Valha-me Deus, que país é esse. Que os amigos negros e mestiços de boa-fé ajudem nessa campanha contra o patrulhamento ideológico e a ditadura do "politicamente correto". Opinião despida de preconceito, vestida de indignação, elaborada com base na liberdade pública fundamental do direito de opinião. DEO GRATIAS!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Você poderá deixar aqui sua opinião. Após moderação, será publicada.

Contador de caracteres