“É livre a manifestação do pensamento e da expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, sendo vedado o anonimato. (CF 88).”

28 de abr de 2011

Ego em alta


Lula não participará das festas do Dia do Trabalho
DAIENE CARDOSO - Agência Estado
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu não participar este ano das comemorações do Dia do Trabalho organizadas pelas centrais sindicais em São Paulo. Convicto de que sua presença pode ofuscar a presidente Dilma Rousseff, Lula nem considerou sua ida ao evento da Central Única dos Trabalhadores (CUT) no Vale do Anhangabaú, centro da capital paulista. Dilma deve participar do 1.º de Maio da Força Sindical na Avenida Marquês de São Vicente, zona oeste.
Ontem, durante o 8.º Congresso Nacional dos Metalúrgicos da CUT, Lula disse que tem vontade de voltar a viajar pelo País e participar de eventos, mas fez uma acordo com Dilma para se manter longe dos holofotes. "Eu estou com vontade de tudo, mas tenho de me controlar. Só com autocontrole vou conseguir desencarnar da Presidência", brincou.
A preocupação de não se sobrepor à imagem da presidente Dilma também fez Lula desistir de desfilar no carnaval pela Tom Maior. A escola do Grupo Especial de São Paulo homenageou este ano São Bernardo do Campo, berço político do ex-presidente. Lula foi esperado até o início do desfile e acabou frustrando o desejo dos sambistas da escola.
Fonte:
Alma penada (3)
“Eu duvido que na história da democracia praticada pela humanidade tenha havido um governo que tenha exercido a democracia na plenitude que nós exercitamos”.
Lula, capturado pelo comentarista Hermenegildo Barroso quando revelava, na palestra gratuita para os metalúrgicos da CUT, que resolveu trocar o “nunca antes na história deste país” por um “nunca antes na história da humanidade”, mais adequado a quem fez doutorado em Coimbra.

 ******************

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Você poderá deixar aqui sua opinião. Após moderação, será publicada.

Contador de caracteres