“É livre a manifestação do pensamento e da expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, sendo vedado o anonimato. (CF 88).”

22 de nov de 2011

CNJ investiga juízes


A corregedora nacional de Justiça, ministra Eliana Calmon, informou ontem, em Belém, que investiga a evolução patrimonial de 62 magistrados que não apresentaram declaração de renda nos últimos anos ou foram denunciados. Nesse trabalho, conta com o apoio da Receita Federal, da Controladoria-Geral da União (CGU) e do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). Embora tenha ressaltado seu "dever constitucional" de investigar magistrados suspeitos, a ministra Eliana Calmon explicou que isso não quer dizer que os 62 investigados sejam culpados. Ela lembrou que muitas vezes os magistrados são acusados pela parte que perde a ação como forma de vingança. "Estou me aprofundando no exame dos processos", disse a corregedora, que participou da solenidade de entrega de cartas de liberação de hipoteca para mutuários do Sistema Financeiro de Habitação.

Fonte: Valor Econômico

Leia mais

CNJ investiga evolução patrimonial de 62 magistrados

Corregedoria investiga evolução patrimonial de juízes

Enriquecimento de 62 juízes sob suspeita

O principal órgão encarregado de fiscalizar o Poder Judiciário decidiu examinar com mais atenção o patrimônio pessoal de juízes acusados de vender sentenças e enriquecer ilicitamente. A Corregedoria Nacional de Justiça,...
Espaço Vital 

Corregedoria apura o enriquecimento de 62 juízes

Órgão do Conselho Nacional de Justiça amplia alcance de investigações contra acusados de vender sentenças Corregedores têm apoio de órgãos federais para examinar declarações de bens e informações de contas FOLHA DE S. PAULO O...
Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal do Estado de Mato Grosso 

CNJ investiga juízes

A corregedora nacional de Justiça, ministra Eliana Calmon, informou ontem, em Belém, que investiga a evolução patrimonial de 62 magistrados que não apresentaram declaração de renda nos últimos anos ou foram denunciados. Nesse...
Direito Público 

CNJ investiga evolução patrimonial de 62 magistrados

A evolução patrimonial de 62 magistrados que não apresentaram declaração de renda nos últimos anos ou foram denunciados está sendo investigada pela Corregedora Nacional de Justiça ministra Eliana Calmon, conforme informado...
OAB - Rio de Janeiro -

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Você poderá deixar aqui sua opinião. Após moderação, será publicada.

Contador de caracteres