“É livre a manifestação do pensamento e da expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, sendo vedado o anonimato. (CF 88).”

2 de mar de 2011

Irresponsabilidade continua no PT?


Motorista de Tarso tenta atropelar dois guardas de trânsito ao fugir de blitz em São Leopoldo.
A foto mostra o sargento André Maia, motorista de Tarso, discutindo com o guarda municipal de trânsito.
. O motorista do governador Tarso Genro tentou atropelar dois guardas municipais de trânsito em São Leopoldo, na esteira de uma tresloucada fuga que tentou empreender ao ser flagrado numa blitz. Ele vinha conduzindo o carro de Tarso há dois meses, embora estivesse com carteira vencida desde 2009. ( grifo da editora)
.  O sargento André Maia  foi flagrado no dia 21 quando tentava fugir de uma blitz em São Leopoldo, nas cercanias da Capital, mas o governo só comunicou a ocorrência neste dia 1o de março. Segundo a Polícia Civil de São Leopoldo, o motorista de Tarso tentou atropelar dois guardas municipais de trânsito. O  motorista é sargento da Brigada Militar. Ele foi abordado por agentes da Guarda Municipal da cidade por volta das 16h30, e teria tentado fugir de uma blitz na Avenida Independência, segundo a polícia.
- Os jornais desta quarta-feira tentaram ignorar a informação. Zero Hora, nos segundo caderno, página 33, publicou notinha de uma coluna com o seguinte título: "Militar que atuava no Piratini é exonerado". O jornal sequer faz referência à condição funcional do sargento. A Polícia Civil não abriu inquérito, não ouviu o motorista e as vítimas, como também não pediu a prisão preventiva do sargento André. O MPE também não pediu a prisão preventiva do motorista de Tarso. Houve gravação de video do incidente e a RBS TV disponibilizou o material. CLIQUE AQUI para ver.
Leia a íntegra da nota da Casa Militar sobre o caso:
"A Casa Militar do Palácio Piratini informa que tomou conhecimento do fato no dia 28 de fevereiro, realizando imediata averiguação onde constatou irregularidades no procedimento do Sargento André Maia. Em consequência, a Casa Militar realizou, no dia de hoje, a exoneração do referido servidor das funções que realizava junto à subchefia de operações.Quanto ao ocorrido na cidade de São Leopoldo, a Casa Militar informa que a Brigada Militar lavrou termo circunstanciado e que o acompanhamento do referido episódio compete, a partir de agora, às autoridades policiais e judiciais.O Comando da Brigada Militar será prontamente informado sobre as medidas adotadas por esta Casa Militar.
Coronel Leandro Ribeiro Fonseca
Chefe da Casa Militar"
http://polibiobraga.blogspot.com/2011/03/motorista-de-tarso-tenta-atropelar-dois_02.html



Leia também:

Município de POA não investiga. Estado do RS investigará?
http://golpadademestre.blogspot.com/2010/07/municipio-de-poa-nao-investiga-estado.html





Nenhum comentário :

Postar um comentário

Você poderá deixar aqui sua opinião. Após moderação, será publicada.

Contador de caracteres