“É livre a manifestação do pensamento e da expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, sendo vedado o anonimato. (CF 88).”

18 de jan de 2011

Governo deixou de investir R$ 1,8 bi na prevenção de enchentes em sete anos; para outros países gastou R$ 3 bi em ajuda humanitária, em quatro anos

Foto Web

Por Jorge Roriz - http://wp.me/p6Q8u-awG
O Ministério da Integração Nacional deixou de investir, nos últimos sete anos, quase R$ 1,8 bilhão na prevenção de danos e prejuízos provocados por desastres naturais em todo o país. O valor é a diferença entre o orçamento autorizado para o programa de “prevenção e preparação para desastres” e o que foi, de fato, desembolsado. Entre 2004 e 2010, o programa registrou dotação autorizada de R$ 2,3 bilhões, dos quais apenas R$ 539,8 milhões (23%) foram aplicados (veja tabela). Assim, de cada R$ 4 previstos em orçamento, menos de R$ 1 foi aplicado em prevenção. A informação é do site Contas Abertas. (veja tabela).

Brasil gastou R$ 3 bi em ajuda humanitária em 4 anos
Jorge Roriz | URL: http://wp.me/p6Q8u-avB
O IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada) em parceria com a Agência Brasileira de Cooperação divulgou um estudo mostrando que entre 2005 e 2009 o Brasil gastou cerca de R$ 3 bilhões de reais em assistência humanitária para outros países.
Os locais mais beneficiados foram nações da América Latina e do Caribe, que receberam 75% desse dinheiro. De 2005 até agora, Cuba recebeu cerca de R$ 30 milhões. Só o Haiti, no início de 2010, recebeu cerca de R$ 27 milhões para ajudar na reconstrução do país e a Autoridade Nacional Palestina receberá R$ 25 milhões para ajudar Gaza.
É muito bom ajudar outros países  (com interesse de ser líder mundial, usando o dinheiro alheio para se auto-promover.  O problema é que existem milhares de brasileiros precisando desses recursos aqui no Brasil. Esse dinheiro poderia servir para fazer saneamento básico e  mais moradias para pessoas que moram nas encostas e áreas de risco. (Jorge Roriz)
 Mapa das favelas do Rio
Apesar da quantidade de favelas existente no Rio de Janeiro, são poucas as que estão detalhadas com seu mapa na Internet. Pensando em preencher um pouco esse buraco, cinco jovens foram selecionadas pela “Rede Jovem” para mapear algumas regiões com esse perfil, utilizando-se para isso de celulares com GPS. 
http://www.fayerwayer.com.br/2009/10/favelas-do-rio-de-janeiro-cartografadas-para-a-internet/

Acompanhe o trabalho: http://wikimapa.org.br/

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Você poderá deixar aqui sua opinião. Após moderação, será publicada.

Contador de caracteres